HistóriaSociedade

Bolsonaro não gastou R$ 15 milhões em leite condensado

Valor corresponde aos gastos por todos os órgãos do governo federal

Após a divulgação, pelo portal Metrópoles, do que seria uma planilha dos gastos do governo federal com alimentos e bebidas em 2020, usuários de redes sociais passaram a comentar os valores. E surgiu, nas redes sociais, o boato de que o presidente Jair Bolsonaro seria o responsável por gastar, sozinho, R$ 15 milhões em leite condensado.

A informação, no entanto, é falsa, já que o valor equivale aos gastos com o produto de todos órgãos do Poder Executivo no ano passado.

De acordo com o veículo, o governo federal gastou R$ 1,8 bilhão na compra de mantimentos, o que representaria um aumento de 20% na comparação com 2019. Além disso, o veículo deu exemplos dos produtos, entre eles os R$ 15,6 milhões em leite condensado.

Do valor total, R$ 14,2 milhões foram gastos do Ministério da Defesa e utilizados na alimentação do efetivo de todas as Forças Armadas. De acordo com a Pasta, são cerca de 370 mil pessoas.

Já o restante dos valores utilizados na compra de leite condensado veio dos ministérios da Educação (R$ 1 milhão), da Justiça (R$ 327 mil) e da Saúde (R$ 61 mil).

“Hoje tivemos mais uma aula de mau jornalismo. A banda podre da imprensa tentou emplacar a mentira de que produtos destinados a todo o executivo federal, incluindo as três forças, instituições de ensino federais, presídios e até programas sociais eram consumidos pelo Presidente. Com isso, espalharam a alegação estúpida e criminosa de que o PR e seus familiares teriam consumido R$15 milhões em leite condensado só em 2020, sem noticiar que esses produtos foram destinados a milhões de pessoas e que esse valor, de modo geral, está abaixo dos anos anteriores. A velha imprensa precisa ser cobrada dia e noite para que pare de trabalhar contra o Brasil.”

Filipe G. Martins (Assessor Especial para Assuntos Internacionais do Presidente Jair Bolsonaro)

Via
Pleno News
Fonte
Pleno News

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo